Please reload

Posts Recentes

Conheça o novo cronograma e as primeiras simplificações do eSocial

July 2, 2019

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

7 mitos sobre a nuvem que precisam morrer

April 4, 2019

Mitos podem ser divertidos quando envolvem façanhas de antigos deuses e heróis. A diversão cessa rapidamente, no entanto, quando um mito dificulta o sucesso da TI ou da empresa.

São com os equívocos teimosos que atrasam ou impedem a adoção de serviços em nuvem potencialmente produtivos. "Ainda estamos nos estágios iniciais da revolução da nuvem, mas já tivemos tempo suficiente para ver os resultados dos pioneiros na adoção da computação em nuvem", diz Bernard Golden, vice-presidente de estratégia de nuvem da Capital One. "O fracasso em reconhecer as implicações dessa revolução impõe riscos que vão muito além da simples execução da TI com um pouco menos de eficiência; representa uma ameaça mortal às empresas que se atêm às antigas formas de fazer as coisas na era digital".

Sua organização está usufruindo das vantagens da nuvem? Se não, aqui estão 7 mitos que podem estar impedindo que isso aconteça.

1. Mudar para a nuvem economiza dinheiro:

Isso geralmente é verdade, mas apenas quando planejado com cuidado. "Devido à sua natureza elástica, a nuvem pode ser mais econômica, mas uma migração para o modelo exige atualizações de aplicativos", afirma Paul Sussex,  diretor de serviços financeiros da EY.

Sussex diz que fazer a transição para a nuvem é como mudar de uma casa com faturamento de água de taxa fixa para outra com fornecimento sob demanda. "Essencialmente, mudar para um modelo pré-pago de qualquer serviço, água ou nuvem, significa que você pode pagar um pouco mais pelo que usa", explica ele. "Mas, se você entender seu modelo de consumo e ajustar seus hábitos, poderá obter grandes benefícios em termos de custos."

O custo é apenas uma das dimensões a considerar quando se pensa em nuvem. "Também é importante olhar para o contexto da estratégia geral de negócios", aconselha Jonathan Stone, CTO e COO da Kelser, uma empresa de consultoria de TI. "Por exemplo, pode valer a pena aumentar o custo para executar cargas de trabalho na nuvem se isso permitir a realização de uma meta de negócios", observa ele. "Se o objetivo principal é o crescimento dos negócios, e o crescimento dos negócios depende da capacidade de escalar muito rapidamente, mesmo que a nuvem seja mais cara do que on-premises, pode ser um facilitador do crescimento dos negócios e pode ser justificado como investimento."

 

2. A nuvem ainda não é segura para armazenar dados:

Este é um dos maiores e mais teimosos mitos da nuvem. "Os provedores de serviços de nuvem levam a segurança extremamente a sério", diz Siki Giunta, diretor global de gerenciamento e líder em estratégia de nuvem da Accenture. "Eles têm que fazer. Caso contrário, não teriam negócios."

Provedores de nuvem estão sujeitos a uma infinidade de órgãos reguladores e requisitos de conformidade. "Eles empregam dezenas de estruturas e controles de segurança diferentes - muito mais do que a empresa típica usa em suas próprias instalações", observa Giunta. O fato é que os dados na nuvem provavelmente são mais seguros do que nos data centers de uma média empresa.

Um provedor de serviços de nuvem respeitável criptografará todos os dados, tanto em trânsito quanto em repouso, com apenas o cliente tendo acesso às chaves de criptografia, diz Laz Vekiarides, CTO do provedor de armazenamento em nuvem ClearSky Data. "Poucas organizações criptografam seus dados a esse nível com